Licença Creative Commons
O Blog é licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported.
Baseada no trabalho presente em http://www.pintandoosetecomavida.blogspot.com.
.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

O parto nosso de cada dia



(Google Images)

No início de cada manhã
há de se assumir a gravidez dos sentimentos
e não provocar aborto no que é indesejado.

No início de cada manhã
há de se assumir o embrião do ventre da alma
e encará-lo como parte do seu ser.

No início de cada manhã
há de se acompanhar os sinais que vêm de dentro
e acompanhar preventivamente a gestação
para facilitar o trabalho de parto.

No início de cada manhã
há de se escutar os ruídos da alma
com as contrações que vêm de dentro
e facilitar a dilatação dos sentimentos.

No início de cada manhã
há de se aceitar a dor presente
e acarinhá-la para facilitar a passagem
que levará a outro canal da vida.

No início de cada manhã
há de se agradecer por estar pulsando
e abraçar com carinho a dor ou alegria
como parte vital dessa grande travessia.

Maria Helena Mota Santos

09/04/2010

2 comentários:

  1. Oi Lena! Passando aqui pra dizer que sua poesia é linda, sempre foi. E que eu e a Dry sentimos sua falta. Um beijo grande e Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lupo e Dry, tudo começou aqui. O embrião da nossa amizade teve início no "Pintando o sete com a vida." Vocês não imaginam o quanto foi importante pra mim essa demonstração de carinho. Meu dia hoje ficou mais feliz porque vocês existem! Eu fiz uma pausa nas redes sociais mas retornarei em breve e aí a gente continua compartilhando os nossos momentos!Que Deus abençoe essa família linda que tem uma princesa que embala todos os dias de vocês com um sorriso cheio de amor. Obrigada infinitamente! Abração!

      Excluir